O VALOR DA VIVÊNCIA TRADICIONALISTA GAÚCHA – PROJETO EXPERIMENTAL EM JORNALISMO – GRANDE REPORTAGEM EM TV

  • Bruna Camila Wagner

Resumo

Contar o valor da vivência tradicionalista gaúcha, em uma grande reportagem para TV, permite explicar brevemente a história do surgimento do Movimento Tradicionalista Gaúcho, mas não se resume somente a isso. Tem como objetivo identificar e revelar os valores que as pessoas adquirem vivendo a tradição em seu dia a dia, em suas agremiações, bem como em suas vidas pessoal e profissional. Difundir a apreciação de um tipo de cultura brasileira é trazer às pessoas uma visão diferente sobre o movimento, que envolve muito mais elementos que as danças, as músicas, os “causos”, os costumes. É nos Centros de Tradição Gaúcha (CTG) que as pessoas vivem em coletividade, partilham da mesma herança cultural e a difundem. Além disso, estão inseridos em um meio social que possui princípios muito bem definidos de moral, ética, respeito, convivência de gerações, vínculos familiares, ensinamentos que ajudam a combater a transgressão social.
Publicado
2017-08-24
Como Citar
WAGNER, Bruna Camila. O VALOR DA VIVÊNCIA TRADICIONALISTA GAÚCHA – PROJETO EXPERIMENTAL EM JORNALISMO – GRANDE REPORTAGEM EM TV. Enaproc, [S.l.], v. 1, n. 1, ago. 2017. ISSN 2526-6012. Disponível em: <https://periodicos.uniuv.edu.br/enaproc/article/view/331>. Acesso em: 13 dez. 2019.
Seção
Comunicação Oral